Arquivo para abril, 2010

The Clash

Posted in The Clash on abril 27, 2010 by thiagodeedee

Biografia

Clash foi um grupo de punk rock britânico que durou de 1976 até 1985. Uma das bandas mais aclamadas pela crítica da época, o The Clash foi famoso por seu alcance musical (incorporavam ska, reggae, rockabilly, e eventualmente muitos outros estilos musicais em seu repertório), por demonstrar uma sofisticação lírica e política que os distinguia da maioria de seus companheiros no movimento punk, e por suas explosivas performances ao vivo.

Formado originalmente por Joe Strummer – vulgo John Mellor – (vocais, guitarra rítmica), Mick Jones (vocais, guitarra), Paul Simonon (baixo e vocais), Keith Levene (guitarra guia) e Terry Chimes – creditado no primeiro LP como “Tory Crimes” – (bateria), o Clash foi formado em Londres em 1976 durante a primeira leva do punk britânico. Strummer fazia parte dos The 101ers e Jones e Simonon da lendária banda de proto-punk London SS. Por influência do empresário Bernie Rhodes, Levene e Simonon recrutaram Strummer. Estava formado o Clash.

Keith Levene foi o guitarrista da banda neste começo, mas depois de 5 shows abandonou o grupo sob circustâncias ambíguas.

Depois do lançamento do primeiro álbum do Clash, Chimes foi substituído pelo baterista Topper Headon. Inicialmente a banda foi conhecida por sua visão extremamente esquerdista e pelas roupas que eles pintavam com slogans revolucionários.

Discografia

The Clash

Link http://www.4shared.com/file/156320645/471e3fa/The_Clash__1977__By_Muro.html

Give em enough rope

link  http://www.4shared.com/file/156320646/9d78b240/The_Clash_-_Giveem_Enough_Rope.html

London calling

Link http://www.4shared.com/file/229503124/5b4f38c9/TCLC_By_Muro.html

Black market clash

link http://www.4shared.com/file/-MODK7u1/TCBMC__MCMLXXX__By_Muro.html

Sandinista

link http://www.4shared.com/file/159798110/d39edeb4/The_Clash_-_Sandinista__1980__.html

Combat rock

link http://www.4shared.com/file/229496558/eb230b1f/TCCR__MCMLXXXII__

By_Muro.html

Cut the crap

link http://www.4shared.com/file/159872446/609aa1ff/The_Clash_-_Cut_The_Crap__1985.html

Blind Melon

Posted in Blind Melon on abril 20, 2010 by thiagodeedee

 

 

 

 

Biografia

A história da banda começou em 1990, quando o seu líder e vocalista Shannon Hoon deixa sua cidade natal, Lafayette – estado de Indiana – em direção a Los Angeles, onde encontra os outros membros do grupo.

Já em 1991 o Blind Melon assina um contrato de $500.000 com a Capitol Records e começa a gravar seu primeiro disco, que tinha como título o nome da banda e viria a ser lançado em Setembro de 1992.

Ainda em 1991, o amigo e conterrâneo de Shannon, nada mais nada menos do que Axl Rose, o convida para fazer participações especiais em algumas canções do álbum “Use Your Illusion” do Guns ‘N’ Roses, dentre as quais “November Rain” e “Don’t Cry”. Nesta última Shannon dividiu os vocais com Axl e também participou do vídeo clipe, fato que mais tarde contribuiria para a divulgação do próprio Blind Melon, já que o clipe foi exaustivamente exibido no mundo todo e muita gente quis saber quem era o cabeludo a cantar ao lado de Axl.

Porém o sucesso veio mesmo em 1993 com o lançamento do single e do clipe de “No Rain”. Como um foguete, a música atingiu o 3o. lugar na Bilboard e o disco atingiu a incrível marca de 2 milhões em poucos meses. O clipe… bem, é difícil encontrar alguém que nunca o tenha visto. O “clipe da abelhinha”, como até hoje é conhecido, foi um dos mais executados daquele ano, e na MTV Brasil foi o clipe que mais vezes atingiu o 1o. lugar das paradas em 1993, dividindo o mérito apenas com Madonna.

Em 1994 a banda foi indicada ao Grammy nas categorias Melhor Artista Novo e Melhor Banda de Rock, mas não levou nenhum dos dois prêmios. No mesmo ano eles ainda tocaram no Woodstock II.

Em 1995 a história da banda começa a mudar. Em agosto foi lançado o segundo álbum do Blind Melon, “Soup”, porém, a banda mal tem tempo de divulgar o novo trabalho, pois em 21 de outubro Shannon é encontrado morto no ônibus da banda, em Nova Orleans, vítima de overdose de heroína. O vocalista, que já tinha sérios problemas com drogas desde os 17 anos, morreu aos 28 anos deixando uma filha de apenas 3 meses, Nico Blue.

Em meio a promessas de retomar as atividades, os membros da banda lançam o álbum póstumo “Nico” (em homenagem à filha de Shannon, composto de versões demo e músicas que haviam ficado de fora dos álbuns anteriores. O cd tem ainda uma faixa multímídia contendo entrevistas e trechos de clipes, dentre os quais “No Rain” e o ótimo “Toes Across The Floor”.

Até que em 2007, acontece o que milhares de fans pelo mundo queriam, O BLIND MELON está de volta. A Banda ainda está um pouco tímida, fazendo shows em lugares pequenos nos EUA, mas em todos os shows a galera marca presença e canta os sucessos novos e principalmente os antigos agora na voz de Travis Warren. Existem vários videos de shows do novo Blind Melon no Youtube.

No dia 8 de novembro de 2008, o blind melon anuncia o cancelamento da turnê, o vocalista Travis Warren deixou a banda por estar com problemas na voz. Muitos falaram que ele seria substituído por Chris Shinn (ex-Unified Theory, mas isto não aconteceu.

 

Discografia

Blind melon (1992)

link www.4shared.com/file/123335121/24a69dc/Blind_Melon_-_Blind_Melon__1992__By_Muro.html

Soup (1995)

link www.4shared.com/file/123336066/eb35fca2/Blind_Melon_-_Soup__1995__By_Muro.html

Nico (1996)

link www.4shared.com/file/152664231/95349dcf/Blind_Melon_-_Nico__1996__By_Muro.html

Smashing Pumpkins

Posted in Smashing Pumpkins on abril 19, 2010 by thiagodeedee

 

 

 

  

 

 

 

 Biografia

The Smashing Pumpkins surgiu em Chicago no ano de 1988. Criada pelos guitarristas Billy Corgan e James Iha, a banda chegou ao auge em 1995 com o lançamento do álbum “Mellon Collie and the Infinite Sadness” – um dos álbuns duplos mais vendidos da história.

Menos influenciados pelo punk rock que outras bandas contemporâneas, a banda era baseada em sons pesados de guitarra, contendo elementos de gothic rock, heavy metal, música psicodélica, rock progressivo, pós-punk e, posteriormente, música eletrônica. Nos primeiros shows a banda tinha duas guitarras, um baixo e uma bateria eletrônica. A baixista D’arcy Wretzky foi convidada a juntar-se à banda em meio a uma discussão sobre a banda Dan Reed Network. Esta formação não durou muito tempo e o baterista Jimmy Chamberlin se juntou-se à banda ainda em 1988.

O primeiro disco foi lançado em 1991. “Gish”, ofuscado pela divulgação massiva do seu contemporâneo Nevermind, do Nirvana, trazia muito mais brilhantismo nas composições mas, por ter sido lançado por uma gravadora não tão expressiva, não teve o reconhecimento devido.

Em 1993 é então lançado o que muitos fãs classificam como a obra-prima da banda. “Siamese Dream” é a trilha sonora da vida de muita gente. A banda carregou no peso dos instrumentos e as composições são inspiradíssimas. Há quem diga que Billy Corgan gravou todas as guitarras e os baixos para garantir que seu perfeccionismo fosse alcançado.

1995 é o ano de Mellon Collie and the Infinite Sadness, um dos álbuns duplos mais vendidos da história e com produção do consagrado Flood (U2, The Killers). “Zero”, “1979”, “Tonight, Tonight”… uma sucessão de hits e uma longa e bem sucedida tourne. Mas nem tudo eram flores. A turnê foi um sucesso, mesmo após o afastamento do baterista devido ao seu problema com drogas. Em uma noite em um hotel em Nova Iorque, ele e o tecladista contratado Johnathan Melvoin usaram heroína e depois de uma overdose, Melvoin morre.

O afastamento do grande amigo afetou Billy Corgan e a banda, e este abalo refletiu em Adore. Lançado em 1998, o disco não obteve o mesmo sucesso de seus antecessores, apesar de ser também uma obra maravilhosa, onde os temas soturnos da existência são explorados com extremo cuidado, tanto nas melodias quanto nas letras. Além do afastamento de Jimmy Chamberlin, que, neste ponto estava em uma clínica de reabilitação para viciados em drogas, a mãe do vocalista e líder da banda é diagnosticada com câncer (cancro), o que afetou definitivamente o ambiente da banda, gerando este apelo depressivo.

1999 é o ano do retorno triunfal da banda como ela se consagrou. A Arising! Tour marca o retorno de Jimmy Chamberlin às baquetas, os clássicos da banda voltam a ser executados nos shows (durante a tournê do Adore 90% do setlist era composto de músicas deste álbum). As novas músicas, a serem lançadas no próximo disco eram apresentadas ao público, que aguardava ansiosamente pelo retorno da formação clássica.

Em 2000, é lançado Machina – The Machines of God. Com muitas inovações nas composições, é um disco que reúne grandes músicas, com algum toque de experimentalismo. Entretanto, é um disco que só conquistou os verdadeiros fãs, coisa que vinha acontecendo desde Adore. Sem nenhum apelo comercial, Machina não foi o sucesso de vendas de outrora, mas é um disco maravilhoso. Desde o encarte à última música, passando pela produção dos shows. Tudo era primoroso.

Mas, para tristeza dos fãs, a saída da baixista D’arcy antes do início da turnê e o anúncio de Billy Corgan que este era o último disco da banda e, conseqüentemente, os últimos shows, as últimas linhas de uma das maiores bandas de rock da história estavam sendo escritas. Em 2 de dezembro de 2000, os Smashing Pumpkins fazem sua apresentação final, no mesmo local onde iniciaram sua carreira: o Cabaret Metro, em Chicago.

Como forma de agradecer aos fãs, uma última música foi lançada. Untitled é dedicada à todos os que, nesses 13 anos, estiveram ao lado da banda. Ainda, lançado apenas pela internet, Machina II/The Friends and Enemies Of Modern Music é o último album gravado em estúdio.

Em 2006, Billy Corgan anunciou a volta do Smashing Pumpkins. Sem James Ilha e sem D´arcy, e com os novos elementos Ginger Reyes (como baixista) e Jeff Schroeder (como guitarrista) a banda lança Zeitgeist no dia 10 de Julho de 2007.

 

 

Discografia

Gish – 1991

link www.megaupload.com/?d=QR68ORC4

Siamese Dream – 1993

link www.megaupload.com/?d=KMCDXH66

Piscies Iscariotes – 1994

link www.megaupload.com/?d=1BQUD5RJ

Mellon Colie And Infine Sadness – 1995

link 2 cds www.megaupload.com/?d=R8T5DM21

Adore – 1998

link www.megaupload.com/?d=MCZ4ACDQ

MACHINA / The Machines of God – 2000
 

link www.megaupload.com/?d=47VXOBI0

MACHINA II / Friends and Enemies Of Modern Music – 2000
 

link www.megaupload.com/?d=J17D6P11

Zeitgeist (2007)

link www.megaupload.com/?d=1EJEZUAX

Soundgarden

Posted in Soundgarden on abril 19, 2010 by thiagodeedee

 

 

 

 

Biografia

A banda foi formada em 1984 por Chris Cornell na bateria e vocal e Hiro Yamamoto no baixo; posteriormente adicionada por Kim Thayil na guitarra. Pouco tempo depois Scott Sundquist assumiu o lugar na bateria, para que Cornell pudesse se dedicar exclusivamente aos vocais. A banda gravou duas músicas que apareceram em uma compilação da C/Z Records chamada Deep Six, que também incluia músicas das bandas Green River, Skin Yard e The Melvins.

Em 1986, Sundquist deixou a banda, sendo substituido por Matt Cameron que havia sido baterista do Skin Yard. Tendo assinado com a Sub Pop, a banda lançou os EP’s Screaming Life em 1987 e Fopp em 1988.

Apesar da banda estar sendo processada por grandes selos, em 1988 assinaram com a SST Records para lançar seu primeiro álbum, Ultramega OK, que ganhou uma indicação para o prêmio Grammy. Em 1989 lançaram outro álbum Louder Than Love. Após esse álbum Yamamoto deixou à banda para voltar a faculdade. Ele foi brevemente substituído por Jason Everman, previamente do Nirvana, deixando a banda para que Ben Shepherd assumisse sua posição.

A nova formação lançou Badmotorfinger em 1991. Apesar de bem sucedido, as atenções do público estavam voltadas para o Nevermind do Nirvana. Ao mesmo tempo, o foco da atenção para bandas de Seattle trazido pelo Nevermind aumentou o reconhecimento para a banda, permitindo que Outshined e Rusty Cage tivessem audiência em rádios alternativas e na MTV. A banda fez turnê com o Guns N’ Roses para promover o álbum, e produziu o vídeoclipe Motorvision com cenas da estrada.

Em 2010 a banda anincia sua volta para a alegria de todos os fãs

 

Discografia

Ultramega ok

link www.4shared.com/file/207650206/cbeaab2e/Soundgarden_-_Ultramega_OK__19.html

Louder than love

link  www.4shared.com/file/208112105/e4616ad7/Soundgarden_-_Louder_Than_Love.html

Screaming life/fopp

link www.4shared.com/file/208625649/4b8687ac/Soundgarden_-_Screaming_Life-F.html

Badmotorfinger

link www.4shared.com/file/207746120/c1ae7709/Soundgarden_-_Badmotorfinger__.html

Superunknown

link www.4shared.com/file/208687015/db73935a/Soundgarden_-_Superunknown__19.html

down on the upside

link www.4shared.com/file/207815139/8a6a6ca7/Soundgarden_-_Down_On_The_Upsi.html

The Stone Roses

Posted in Stone Roses on abril 15, 2010 by thiagodeedee

 

 

 

Biografia

The Stone Roses foi um dos mais influentes grupos de rock inglês entre o final da década de 1980 e o começo da década seguinte, formando juntamente com o Happy Mondays e o Charlatans UK o movimento conhecido como Madchester, na cidade de Manchester, Inglaterra.
As influências da banda eram a emergente cena acid house e eletrônica da cidade e do Reino Unido e incorporava nitidamente The Byrds e Simon and Garfunkel nas melodias vocais e harmonias, guitarras ao estilo de Jimi Hendrix, com suingue e muita “pegada”, além de Led Zeppelin e naturalmente os clássicos The Beatles e Rolling Stones.

A mistura de guitarras com dance music seguiu um curso natural iniciado pelos conterrâneos do New Order na décadda de 80. Desde os Stone Roses, essa mistura nunca mais foi a mesma, lançando tendências dentro da música dos anos 90.
A banda infelizmente ficou a mercê de confusões contratuais após o estourou do primeiro disco, gravando o segundo disco somente 5 anos após o primeiro.

Integrantes

Formação clássica (novembro de 1987 a março de 1995)

* Ian Brown – Vocal
* John Squire – Guitarra
* Mani (Gary Mounfield) – Baixo
* Reni (Alan Wren) – Bateria e segunda-voz

Album

The stone roses

Link www.easy-share.com/1905140640/0647.rar

Stone Temple Pilots

Posted in Stone Temple Pilots on abril 7, 2010 by thiagodeedee

 

 

 

 

 

Biografia

O Stone Temple Pilots foi uma das principais bandas norte americanas do cenário grunge nos anos 90, na qual faziam parte: Nirvana, Soundgarden, Pearl Jam, Alice in Chains, entre outras. Têm influências evidentes de hard rock e até mesmo o punk. O abuso no consumo de drogas por parte do vocalista Scott Weiland levou ào fim da banda em 2003. Entretanto, em janeiro de 2008, o próprio Weiland afirmou em uma entrevista que a banda voltará aos palcos a partir de maio desse ano.

Início e Sucesso

Tudo começou com o vocalista Scott Weiland, que em 1991 tinha uma banda de rock chamada Mighty Joe Young. O fim desse grupo e a saída dos integrantes fizeram com que Scott montasse o Stone Temple Pilots, em 1992. O primeiro CD da banda, integrada por Scott Weiland (vocais), Robert DeLeo (baixo), Dean DeLeo (guitarra) e Eric Kretz (bateria) foi lançado no mesmo ano: Core, que vendeu mais de 7 milhões de cópias em todo mundo. Criticados no início da carreira por fazer um som que muitos consideravam uma mistura de Pearl Jam com Alice in Chains, o STP ganhou o prêmio da MTV de “Banda Revelação” pelo clipe da música Plush e alcançou o respeito no meio musical.

Em 1993, a banda gravou um acústico para a MTV e em 1994, lançou o segundo CD, Purple, que mais uma vez foi sucesso de vendas com mais de 5 milhões de cópias vendidas. Já consagrada como uma das principais bandas de hard rock, o terceiro trabalho do STP chegou em 1996 com o título Tiny Music…Songs from the Vatican Gift Shop. No meio da turnê, o vocalista Scott Weiland teve sérios problemas com drogas e a banda foi obrigada a cancelar várias apresentações. Rumores de que os outros integrantes teriam feito as músicas e creditado a autoria a Scott resultou na venda de 2 milhões de discos no mundo, um número bem inferior aos alcançados com os CDs anteriores.

As músicas desse CD mostravam claramente a situação vivida pelo grupo. Em Tumble In the Rough, um dos versos diz: “Eu estou procurando por uma nova meditação, ainda procurando uma nova maneira para voar, e não uma nova maneira de morrer”.

Projetos Paralelos

Depois desse trabalho, a banda gravou discos separadamente. Scott lançou 12 Bar Blues e os outros integrantes chamaram o ex-vocalista do Ten Inch Men, Dave Coutts, e montaram um novo grupo chamado Talk Show. Em 1999, a banda se reuniu novamente e lançou “No. 4”, mas logo após seu retorno Scott foi preso por porte de heroína e o STP teve que parar novamente.

Em 2001, com Scott livre, a banda lançou Shangri-la Dee Da, com composições que agradaram quase todos os públicos, voltando a fazer sucesso em todo o mundo. A coletânea “Thank You” foi lançada em 2003 com os principais hits dos discos anteriores, principalmente do CD “Core”, que conta com 4 faixas, entre elas Wicked Garden, Creep, Plush e Sex Type Thing. Segundo a crítica, duas músicas faltaram nesta junção: Crackeman e Piece of Pie.

O Fim da Banda

Os intermináveis problemas do vocalista com o uso de drogas fizeram com que a banda terminasse. Mas o que pesou também para o fim da banda foi o fim do relacionamento íntimo de Scott com De Leo. Após o término da banda Scott Weiland formou o Velvet Revolver, junto aos antigos membros do Guns N’ Roses, Slash, Duff McKagan e Matt Sorum ainda com Dave Kushner ex-Wasted Youth. Os irmãos Robert e Dean DeLeo viraram produtores musicais e o primeiro trabalho deles nesta área é o lançamento do grupo Libertines, depois de trabalharem com o ex-vocalista do Filter, Richard Patrick, formaram a banda Army of Anyone. O baterista Eric Kretz construiu um estúdio em sua casa.

Reunião

Em 20 de janeiro de 2008, o blog Miami Herald relatou que Scott disse que o público “deve ser à procura de um reencontro do STP nos próximos meses”. No dia 29 de dezembro de 2007, Billy Morrison no Camp Freddy Radio alegou que têm espaços para shows. Existem rumores que a turnê de reencontro vai ocorrer em maio, no festival Rock on the Range. Tudo isto coincide com uma citação de Scott Weiland no verão passado, quando ele declarou: “A única coisa que lhe deixou inacabada é a conclusão da história. Eu sinto que poderia haver um melhor capítulo final”.

Em 25 de janeiro de 2008, Slash guitarrista do Velvet Revolver, confirmou o reencontro do STP por dizer à Billboard que Scott estaria de volta a sua antiga banda. A MTV também relatou o caso no mesmo dia em que a indústria da música. Há também rumores recentemente divulgados em sites de fãs, de que a banda já começou a gravar um novo material no estúdio de Eric Kretz, o Bomb Shelter, localizado em Los Angeles. Está confirmado a volta da banda, segundo o site Blabbermouth, os músicos se encontrarão no festival Rock on the Range, nos Estados Unidos, o grupo deve começar a série de shows em Ohio, no dia 17 de maio e pretendem passar por outras 65 cidades.

Discografia

Core

 

link www.megaupload.com/?d=GLKJ70B9

Purple

Nao reparem no link podem baixar que é o album mesmo

link www.megaporn.com/?d=SKM2FNP7

Tiny music

link www.megaporn.com/?d=3JUXCW9K

Nº4

link www.megaporn.com/?d=EZ32H82R

Shangri – La Dee Da

link www.megaupload.com/?d=Q8V2E17A

MTV Unplugged

link www.megaupload.com/?d=80RD5KUG

Unwired


link www.megaporn.com/?d=2BYL4MVA

Pride & Glory

Posted in Pride & Glory on abril 6, 2010 by thiagodeedee

 

 

 

 

 

Biografia

Essa é pra se escutar bem alto, e de preferencia bebendo um whisky. Pride & Glory é uma banda de southern rock/metal que lançou apenas um disco homônimo.

Foi o primeiro projeto do consagrado guitarrista Zakk Wylde, grade guitarrista de Ozzy Osbourne, e hoje frontman do Black Label Society .

 

Album

Pride & Glory Pride & Glory

link

cd 1 http://rapidshare.com/files/79252524/PG_pglory_1.rar.html

cd2 http://rapidshare.com/files/79255546/PG_pglory_2.rar.html